Salvador Valdinei Lopes é nomeado presidente da Comissão de Direito Cooperativo da OAB-BA

17 de abril de 2022, às 08:33

A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil -Seção Bahia (OAB-BA), Daniela Borges, nomeou o  advogado Valdinei Lopes de Oliveira para presidir a Comissão de Direito Cooperativo para os próximos anos.

A nomeação foi publicada na última quinta-feira (13), no Diário Oficial da instituição, e está alinhada com o projeto de Daniela Borges de renovar as lideranças da entidade, democratizando a instituição.

A Comissão de Direito Cooperativo foi fundada pelo advogado Pedro Henrique Duarte, no início do ano de 2015, durante o primeiro mandato de Luiz Viana. Por três gestões, o advogado presidiu o grupo, e agora, também por nomeação de Daniela Borges, passa a ser o vice-presidente da comissão. Pedro Henrique ainda foi vice-presidente da Comissão Nacional de Direito Cooperativo no último triênio.

O trabalho da comissão apresenta debates importantes para a geração de renda no estado, através do cooperativismo, principalmente, em um cenário de crise econômica e com elevada taxa de desocupação na Bahia. Pedro Henrique Duarte, fundador da comissão, afirma que os debates perpassam direitos trabalhistas, trabalhador rural, saúde, acesso à crédito até geração de renda, em uma perspectiva de trabalho autônomo e organizado.

“A democracia inspira isso: a alternância de poder. É salutar que outras pessoas possam presidir a comissão para trazer outros olhares, outras ideias e inovações, de forma a contribuir com o crescimento do Direito Cooperativo e ajudar a desenvolver o cooperativismo na Bahia”, explica Pedro Henrique Duarte.

Para Valdinei Lopes, será uma honra suceder Pedro Henrique Duarte na presidência do  grupo. “Precisamos dar continuidade a esse trabalho de fomentar o debate sobre o cooperativismo no estado, apontando soluções e saídas para a crise que enfrentamos, com estímulo aos autônomos a se organizarem em cooperativas pelas vantagens e resultados que podem obter com este modelo de organização”, afirma o novo presidente da comissão.

Desde sua fundação, a Comissão de Direito Cooperativo já realizou eventos de relevância internacional sobre o tema, se fazendo representada ainda em eventos internacionais, engrandecendo o nome da Bahia na discussão da temática, prevista na Constituição Federal.

Comentarios