Política Suíca chama de “absurdo” vetos do Executivo a projetos de vereadores

18 de agosto de 2021, às 18:05

Na sessão que votaria os vetos do prefeito Bruno Reis a projetos de vereadores, nesta quarta-feira (18), o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) classificou a “rejeição” como “absurda”.Dentre os projetos vetados totalmente, está o que dispõe sobre a política destinada ao diagnóstico e tratamento da Síndrome da Depressão na Rede Pública Municipal da Saúde, de autoria do petista. O projeto já havia sido aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara.

“Hoje eu vou votar contra, quer dizer, a gente têm no poder público a obrigação de servir, né? E de repente você coloca um projeto como esse, depois eles mesmos apresentam e a gente tem que votar a favor”, disse.

O vereador também comentou sobre o que representa o projeto. “É um projeto tão importante e eles vão vetar para depois apresentarem o projeto semelhante para gente votar. Nós vereadores temos uma base maior e eles não leêm, não sabe nem o que é e, muitas vezes, acabam votando nos projetos deles mesmos”, argumentou.

Outro Projeto de Lei do petista sobre determinar a todos os hospitais, centro de saúde e similares da rede pública e privada, prestar comunicação a Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP), os casos de pacientes sem identificação da cidade de Salvador, foi vetado parcialmente.

*As informações são do LDNotícias

Comentarios