Salvador SMS aponta preocupação com número de faltosos e não vacinados em Salvador

17 de janeiro de 2022, às 12:41

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) aponta preocupação de uma volta do alerta de calamídade no sistema de saúde pública após um ano depois do início da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 em Salvador, o número de não vacinados continua chamando a atenção da e já acende um alerta vermelho.

De acordo com a SMS, entre as pessoas com 12 anos ou mais habilitadas para o recebimento da 1ª dose, mais de 29 mil ainda não compareceram aos postos para iniciar o ciclo vacinal; outras 210 mil estão com o fechamento do esquema atrasado, e cerca de 472 mil ainda não foram tomar a dose de reforço.

O titular da pasta, Leo Prates, afirmar que os números são alarmantes e preocupantes e apela para que as pessoas busquem o imunizante para evitar uma nova onda da doença na cidade.
“É um dado que nos preocupa. Estamos com casos crescentes da covid-19 no município e o de não vacinados pode contribuir para o crescimento ainda maior de transmissão. Por isso estamos convocando todos que ainda não estão em dia com o esquema vacinal para buscar os postos e regularizar a situação”, destacou o secretário.

Nesta segunda-feira (17), a Prefeitura de Salvador realiza, das 08h às 16h, o ‘Dia da Pfizer’, com aplicação exclusiva do imunizante contra a Covid-19, além disso inclui as crianças com 10 anos sem deficiência permanente na estratégia.

No total, 10 pontos fixos de imunização realizarão a aplicação da dose para as crianças com 10 e 11 anos de idade. Crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente (motora, auditiva, visual e intelectual) também serão contempladas pela estratégia. Quatro pontos funcionarão exclusivamente para atendimento dos pequenos com deficiência.

Comentarios