Política Queiroga omite número de mortos pela Covid-19 em discurso na OMS

23 de maio de 2022, às 18:02

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, omitiu a quantidade de mortes por Covid-19 no Brasil em seu discurso na Assembleia Mundial de Saúde, realizado pela Organização Mundial das Nações Unidas (ONU), na manhã desta segunda-feira (23).

Pelo contrário, Queiroga utilizou o espaço como uma espécie de palanque, ao enaltecer as medidas adotadas pelo governo Bolsonaro no enfrentamento à pandemia, que segundo ele foi o principal foco do Planalto. O Brasil tem até o momento quase 700 mil mortes pela doença.

“Desde o início da pandemia de COVID-19, o governo do presidente Jair Bolsonaro atuou para preservar vidas, conciliando o equilíbrio econômico e a justiça social”, disse, ressaltando o investimento de US$ 110 bilhões no SUS no último ano.

Queiroga aproveitou a oportunidade para destacar a luta do presidente Bolsonaro contra a corrupção, sem mencionar as denúncias reveladas na CPI da Covid de favorecimento de empresas mediadoras para compra de vacinas.

“Ao tempo que, combatemos a corrupção que retira oportunidades dos cidadãos acessarem o sistema de saúde, impedindo a realização de políticas públicas essenciais”, garantiu.

Comentarios