Política Presidente do DEM na Bahia diz que ficou surpreso com apoio de Targino ao PT em Feira e sigla pode discutir consequências

20 de novembro de 2020, às 16:21

Presidente do DEM na Bahia, o deputado federal Paulo Azi afirmou que ficou surpreso com o apoio do ex-deputado estadual Targino Machado (DEM) à candidatura de Zé Neto (PT) em Feira de Santana. Segundo ele, o assunto pode ser discutido internamente nos próximos dias.

“Foi uma decisão pessoal dele, interna, por causa do conflito dele com o atual prefeito [Colbert Martins (MDB)]. […] Mas é claro que a gente ficou surpreso com esse apoio dele a alguém que ele criticava”, disse Azi, em entrevista ao BNews nesta sexta-feira (20).

Na quinta-feira (19), Targino promoveu uma coletiva de imprensa para declarar apoio ao candidato do PT no município. Nesta sexta, o ex-deputado do DEM participou de outra coletiva, desta vez ao lado do próprio candidato e do governador do estado, Rui Costa (PT).

Paulo Azi ainda avaliou que o apoio de Targino ao opositor do candidato apoiado pelo DEM não deve ter uma influência significativa na eleição, já que o ex-deputado estadual foi cassado.

“Desde que ele foi cassado ele se afastou…Tá oito anos inelegível, não vai postular um cargo público. Não deve ter tanta influência”, afirmou Azi.

Cassação

Em outubro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu cassar o mandato do  deputado estadual Targino Machado (DEM). A decisão reverte o entendimento do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) pela não cassação do mandato do demista em dezembro do ano passado na ação em que ele é acusado de abuso de poder.

Targino foi acusado de abuso de poder econômico e político, após uma auditoria da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), que apontou a suspeita de troca de atendimentos médicos por votos pelo parlamentar

Comentarios