Esportes Prefeitura do Rio libera jogos de futebol com um terço de público

28 de junho de 2020, às 10:38

O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) oficializou a liberação de um terço de público nos estádios de futebol a partir do próximo dia 10 de julho. A determinação foi publicada no Diário Oficial.Na publicação, ficou determinado que estão liberadas “competições esportivas com capacidade simultânea máxima de 1/3, sem ultrapassar a regra de 4m² por pessoa”. O Rio de Janeiro é o primeiro estadual em atividade do país.

Além dos critérios para partidas, ficou estabelecido também que “centros de treinamentos esportivos abertos para treino, sem público, sendo vedado uso de sauna, piscina e banheira de hidromassagem”, estão liberados. Após o Flamengo retomar suas atividades no Carioca, Vasco, Fluminense e Botafogo jogarão neste sábado (28) pela competição. Estas partidas ainda serão sem acesso ao público.

O anúncio é mais um na linha adotada pelo poder municipal, que tem flexibilizado as regras e deu sinal verde também para o comércio de rua. A partir do dia 2, poderão funcionar as academias, bares e restaurantes na capital fluminense.
O decreto de Marcelo Crivella é mais um aceno a Jair Bolsonaro (sem partido). O presidente é favorável ao retorno do futebol como forma de manter as pessoas em casa, enquanto o prefeito corteja o apoio político da família presidencial para tentar a reeleição nas eleições municipais.

No último dia 20, o próprio Crivella determinou a suspensão de competições esportivas até o dia 25 de junho, o que gerou alteração na tabela da competição.

Comentarios