Entretenimento Mateus Solano processa empresa por calote de R$ 80 mil

04 de outubro de 2019, às 08:02

Mateus Solano vive um dilema na vida profissional. Apesar do sucesso do espetáculo teatral Selfie, o artista foi impedido de colher os lucros da peça e alega ter sofrido um calote da empresa Compre Ingressos.

Na última terça-feira (1), o ator esteve no Fórum da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, para a primeira audiência contra a empresa, onde ele cobra R$ 80 mil de um suposto calote dado por eles

Em contato com o Blog do Leo Dias, o advogado de Solano afirma não entender como a empresa continua funcionando mesmo com a dívida gigante que tem não só com ele, mas também com outros artistas como Christiane Torloni, Monica Martelli e Herson Capri.

“Essa empresa está dando um um golpe duro no teatro, que tem sofrido muito nesta crise. O mais estranho é que o site continua ativo, recebendo valores de ingresso, mas não paga a sua dívida, que só faz crescer”, afirmou.

O caso de Mateus Solano é referente as apresentações realizadas pelo artista em Goiânia e Aracaju. Segundo o advogado, a Compre Ingressos não teriam repassado os valores dos tickets vendidos para essas apresentações.

Comentarios