Brasil Globo deve demitir 2.500 funcionários com unificação de empresas

11 de novembro de 2019, às 11:09

O quadro de funcionários da Globo pode ser reduzido com a união de todas as plataformas da empresa no projeto Uma Só Globo.

De acordo com o site Notícias da TV, a fusão irá causar cerca de 2.500 demissões ao unir a TV Globo, todos os canais pagos da Globosat, a plataforma Globoplay, a Globo.com e a Som Livre.

A publicação afirma que o clima na empresa é de tensão. Um ex-executivo da emissora afirma que apesar de parecer alarmante o número, é possível que a unificação corte diversos funcionários, como por exemplo no departamento de recursos humanos, que após a realização do projeto será apenas um.

A emissora nega o corte de 2500, mas garante que haverá demissões. “Todas as grandes empresas modernas passam por processos na busca de eficiência e evolução constante e, nesse contexto, é natural que se façam ajustes. Na Globo não é diferente”, pontua a Globo em nota.

Comentarios