Política Faroeste: Falso cônsul tem prisão revogada

22 de outubro de 2021, às 14:07

Relator da Faroeste no Superior Tribunal de Justiça (STJ), o ministro Og Fernandes decidiu  revogar a prisão preventiva de Adailton Maturino dos Santos, apontado como um dos líderes do esquema criminoso.

De acordo com o Bnews, Maturino será monitorado por tornozeleira eletrônica, e está proibido de acessar as dependências do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), e se comunicar – por qualquer meio, ainda que por intermediário – com outros investigados na Faroeste.

Ele também está proibido de se ausentar da comarca de sua residência, e terá de cumprir “recolhimento domiciliar no período noturno”.

Comentarios