Com apenas um soco, brasileiro Alex Poatan derruba americano e vai disputar cinturão do UFC

O americano Sean Strickland falou muito, mas pouco fez. Bastou um único soco, mais precisamente um cruzado de esquerda, para o brasileiro peso médio do UFC, Alex Poatan, nocauteou o adversário e se credibilizou para disputar o cinturão da categoria contra o nigieriano Israel Adesanya.

O golpe foi o mesmo que derrubou o atual campeão em 2017, pelo evento Glory of Heroes, no kickboxing. Na luta principal da noite, Adesanya fez uma disputa morna com Jared Cannonier e manteve o título de campeão na faixa até 84kg.

O brasileiro começou focado, medindo a distância e desferindo fortes chutes baixos na panturrilha de Strickland, que apesar de acusar os golpes, continuava caminhando para frente. Na primeira brecha dada pelo americano, Poatan desferiu um forte cruzado de esquerda que o levou para lona.

Ainda tonto, Strickland levanta, mas logo recebe um direto no queixo que novamente o bota no chão. Antes que pudesse abusar do ground-and-pound, o juiz interrompeu a luta dando a vitória para Alex Poatan ainda no primeiro round.

Com o resultado, Poatan deve tentar roubar o cinturão de Adesanya, que tem feito provocações ao brasileiro questionando a sua vitória há 5 anos no kickboxing.

Na entrevista cage depois da vitória, o brasileiro lembrou que não só tem o passado de sucesso no kickboxing, onde nocauteou o nigeriano, mas tinha acabado de passar por cima do número 4 do ranking no UFC, no MMA.

Ele também fez elogios ao adversário, que segundo ele foi um dos poucos que mostrou coragem ao aceitar a luta, enquanto outros teriam recusado enfrentar ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *