SAMU: 192 | Bombeiros: 193 | Defesa Civil: 199 | Polícia Militar: 190 

  • Agência Nacional de Saúde 0800-611997
  • Alô-Trabalho 0800-2850101
  • ANEEL 0800-7272010
  • Ministério dos Transportes 0800-610300
  • Banco Central 0800-992345
  • Caixa Econômica Federal 0800-5740101
  • Central Antiveneno 0800-2844343
  • Central de Transplantes 0800-8832323
  • Central Doação de Órgaos (71) 3356-6776
  • Central Estadual de Regulação Médica 0800-714000
  • Coelba - Ligue Luz 0800-710800
  • Correios 0800-5700100
  • Disque-Meio Ambiente 0800-711400
  • Embasa Saneamento 0800-555195
  • Ministério da Educação 0800-616161
  • Fome Zero 0800-7072003
  • Hemoba (71) 3357-0900
  • Ibama 0800-618080
  • INSS 0800-780191
  • Ministério da Fazenda 0800-7021111
  • Pró-Menor 0800-713020
  • Receitafone 0300-780300
  • SAC 0800-715353
  • SOS-Tortura 0800-7075551
  • Serviço Salvador Atende 156
  • TeleHansen 0800-262001
  • Aeroporto Internacional de Salvador (71) 3204-1010 / 1030

Brasil Thiago Braz termina em 5º lugar no Mundial de Atletismo de Doha

01 de outubro de 2019, às 17:11

Atual campeão olímpico no salto com vara, o paulista Thiago Braz perdeu a chance de subir ao pódio do Mundial de Atletismo de Doha, no Catar, na tarde desta terça-feira (1). Braz terminou na quinta posição. Outro paulista na final foi Ângelo Dutra que ficou em décimo lugar.

Thiago Braz chegou à Doha após uma temporada irregular. Nas qualificatórias o atleta, quinto no ranking mundial, alcançou a quarta posição, ao conseguir saltar 5,75m. Porém, no início desta tarde, Braz teve dificuldade para ultrapassar 5,55m. Ele perseverou e conseguiu superar a marca, após duas tentativas. Em seguida, saltou 5,70m logo na primeira chance. Aí, na sequência, voltou a errar: perdeu duas tentativas de saltar acima dos 5,80m. Na terceira e última chance Braz chegou a ultrapassar o sarrafo, mas o derrubou na queda.

Na mesma prova, o paulista Augusto Dutra falhou ao tentar ultrapassar os 5,70m, após três tentativas seguidas. A medalha de ouro ficou novamente com o norte-americano San Kendrics: ele conquistou o bicampeonato nesta tarde ao superar 5,97m. O sueco Armand Duplantis, de 19 anos, também ultrapassou 5,97m, mas levou a prata por somar mais tentativas fracassadas. O polonês Piotr Lisek ficou com o bronze, com a marca de 5,87m.

Comentarios