Ba-Vi: termômetro favorável

Por André Reis setorista do Esporte Clube Vitória no Liderança News

05 de outubro de 2015, às 15:55

Publicado por

Ver mais artigos

 

Mais fiel que qualquer vidente, mais exato que qualquer cálculo de matemática ou física. Independentemente de competição, sempre comentamos em qualquer roda de bate-papo, qualquer mesa redonda, até de cartomante, que o Ba-Vi é o termômetro para sabermos o futuro de Bahia ou Vitória dentro dos certames que envolvem a dupla. Claro que alguns confrontos podem ter o prognóstico mais fácil devido ao atual momento, mas poucos se arriscam e o discurso sempre será o mesmo: Ba-Vi é Ba-vi.

A conquista no clássico indiscutivelmente colocou o Vitória entre os quatro classificados à série A de 2016 e manteve os sediados em Itinga no desespero. Já com 52 pontos e com a tabela apresentando os próximos jogos totalmente favoráveis ao Leão, somente uma tragédia, tipo a do nascimento do rival, evitará o nosso acesso.

Resumindo o clássico – Indiscutível também foi a supremacia do torcedor rubro-negro. Das arquibancadas da nossa casa de praia mandaram vibrações positivas para os jogadores cumprirem a pescaria com êxito dentro das quatro linhas do aquário, mesmo sem a presença de forma oficial da maior torcida uniformizada do clube. Claro que a preocupação bateu logo quando o rapaz que foi do céu ao inferno em 45 minutos fez o primeiro gol do embate, mas fui tranquilizado por uma alma confiante que assistira o jogo ao meu lado. “Calma! o gol foi apenas para recuar o cardume e deixar espaço para Escudeus e seus anjos reinarem. Hoje a pescaria será de rede”. Pronto! Só foi aguardar o tempo passar e assistir o mar pegar fogo e comer peixe frito.

A Deus pertence – Com todas as previsões favoráveis e o acesso bem encaminhado, creio que agora Vagner Mancini já possa, de fato, falar que o título é logo ali. Não muito distante, com apenas 4 pontos nos separando do Botafogo-RJ, ouso-me até a aventurar pela empolgação da conquista do Brasileiro da série B. Vejamos: Botafogo tem 56 pontos ganhos, 16 vitórias, marcou 48 gols e sofreu 23. Por outro lado o rubro-negro baiano conquistou 52 pontos, 15 vitórias, balançou as redes adversárias 46 vezes e sofreu 28 tentos. Resumindo: Dá para encarar a briga e conquistar esse título. Caso ele não venha, vamos comemorar o acesso e dizer nas rodas da vida que na série B o que importa é o acesso.

O choro é livre – Com se não bastasse a choradeira de Sérgio Soares e do presidente Marcelo Sant’Ana após o Ba-Vi, me assusta a quantidade de lenços gastos por alguns comentaristas da crônica baiana. Aliás, com todo respeito aos colegas, já passou da hora de alguns nomes pegar o boné. Qualquer torcedor, por mais que não tenha obrigação de entender como funciona a linha editorial de um determinado veículo, espera ver como pauta principal o time vencedor. Mas na Bahia, terra que tudo é possível, o torcedor leonino teve que se contentar com a choradeira tricolor.

Outros artigos por

O que é Intradermoterapia e seus benefícios

28 de agosto de 2019, às 17:28

Apesar de não ser uma tecnologia recente, a intradermoterapia é um tratamento extremamente eficaz no combate de lesões na pele. [...]

Dia Mundial da Atividade Física: “Xô”, preguiça e sedentarismo!

06 de abril de 2019, às 09:22

Tatiane Peres Cref 008666G/BA Pós graduada em atividade física aplicada a saúde. Instagram: Personaltatiperes [...]

As estradas da propaganda

14 de outubro de 2015, às 14:51

Marco nos governos petistas na Bahia, os custos com propaganda é tema fixo nos discursos da oposição. Menos impactante seriam [...]

Ba-Vi: termômetro favorável

05 de outubro de 2015, às 15:55

  Mais fiel que qualquer vidente, mais exato que qualquer cálculo de matemática ou física. Independentemente de competição, sempre comentamos [...]

Mais do que uma decisão

01 de outubro de 2015, às 12:37

Levando em consideração que o clássico local é um campeonato à parte, podemos dizer que o “Ba x Vi”, válido pela [...]

Remédio contra almas perdidas e multas de trânsito

25 de setembro de 2015, às 11:42

Está nas rodas de conversa, nas redes sociais e agora também na voz de políticos​.​​ ​​A​​ ​suposta “fábrica de multas” [...]

Em um eventual não acesso, colocaremos na conta de quem?

23 de setembro de 2015, às 10:32

Para quem é torcedor do Vitória apaixonado, já fica triste só de imaginar passar mais um ano no marasmo da [...]

“Pirracite Aguda”

21 de setembro de 2015, às 12:17

Assistir aos jogos do Bahia é uma missão árdua para o torcedor e analistas esportivos, que conseguem enxergar a forma [...]

Errado desde o começo, o fim foi o único acerto para o BRT

18 de setembro de 2015, às 08:35

Nas últimas semanas o prefeito ACM Neto tem engrossado o coro contra o governo da presidente Dilma. Distante das discussões [...]

Comentarios